Ser Deficiente em Vitamina D Pode Agravar os Sintomas da Artrite Reumatoide

Um estudo publicado no Journal of Natural Science, Biology and Medicine mostrou que ser deficiente em vitamina D pode levar a ou agravar a artrite reumatoide. A artrite reumatoide é uma doença auto-imune em que o sistema imunológico ataca erroneamente as articulações, criando inflamação. Essa inflamação faz com que o tecido que reveste o interior das articulações se torne mais espesso, o que, por sua vez, causa inchaço e dor nas articulações e ao redor delas.

Resultado de imagem para vitamina dDiz-se que a vitamina D tem propriedades imunomoduladoras e anti-inflamatórias, e uma deficiência nesta vitamina está associada a doenças auto-imunes, incluindo a artrite reumatoide. Portanto, pesquisadores da Guru Gobind Singh Medical College and Hospital, na Índia, estudaram a ligação entre a vitamina D e a artrite reumatóide.

No estudo, eles tiveram como objetivo determinar as diferenças entre os níveis de vitamina D em uma população saudável e pacientes com artrite reumatóide. Então, eles correlacionaram os níveis de vitamina D com a atividade da doença.

Para o estudo, eles recrutaram um total de 100 participantes com idade entre 18 e 75 anos. Metade dos participantes eram pacientes com artrite reumatóide, enquanto a outra metade era de indivíduos saudáveis. Eles mediram e compararam Resultado de imagem para artrite reumatoideos níveis de vitamina D dos participantes. Em seguida, eles examinaram os níveis de vitamina D de pacientes com artrite reumatóide em diferentes estágios da atividade da doença.

Os resultados revelaram que a maioria dos pacientes com artrite reumatoide – particularmente 84% – era deficiente em vitamina D. Seus níveis de vitamina D também foram significativamente menores do que os participantes saudáveis. Os pesquisadores também viram que os níveis de vitamina D tendiam a diminuir à medida que a doença piorava.

Com base nas conclusões do estudo, os pesquisadores concluíram que a deficiência de vitamina D é mais comum em pessoas com artrite reumatoide e essa deficiência pode causar ou agravar a doença.

Prevenindo a deficiência de vitamina D através da dieta

A dose diária recomendada atual de vitamina D nos EUA é de 400 unidades internacionais (UI). No entanto, a maioria dos especialistas sugere que isso não é suficiente e que todos os adultos devem tomar pelo menos 2.000 UI de vitamina D todos os dias. Ficar exposto à luz direta do sol por 10 a 30 minutos por dia pode aumentar os níveis de vitamina D. No entanto, isso pode ser difícil devido a temperaturas maisResultado de imagem para salmão baixas e intempéries. Durante esse período, as pessoas ficam mais propensas a permanecer dentro de suas casas e não conseguem obter vitamina solar suficiente. Então, como você evita a deficiência de vitamina D, especialmente durante o inverno? Uma das melhores maneiras de prevenir a deficiência de vitamina D é através da dieta. Você pode incorporar esses alimentos ricos em vitamina D à sua dieta:

* Peixe gordo: Além de ser uma óptima fonte de ácidos gordos ômega-3, o peixe gordo também é uma boa fonte de vitamina D. Você pode considerar a adição de peixes gordos como salmão, truta, cavala, atum e enguia à sua dieta. O atum enlatado e sardinha enlatada também contêm vitamina D. Resultado de imagem para cogumelos
* Cogumelos: Os cogumelos têm a capacidade de produzir vitamina D quando expostos à luz solar. Então, eles também são boas fontes de vitamina D.
* Gema de ovo: Uma das maneiras mais fáceis de obter vitamina D é comer gema de ovo. Uma gema de ovo fornece cerca de 40 UI.
Resultado de imagem para gema de ovo* Óleo de fígado de bacalhau: Uma das maiores fontes alimentares de vitamina D é o óleo de fígado de bacalhau. Uma colher de sopa de óleo de fígado de bacalhau lhe dará cerca de 1.300 UI.

Se Gostou Deste Artigo Comparti-lhe!

Marcações & Contactos

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0