O Que Você Precisa Saber Sobre Os Antibióticos

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone

 

É importante reconhecer que os antibióticos são agentes bactericidas indiscriminados, o que significa que matam todas as bactérias, tanto benéficas como patológicas, e muitos dos efeitos colaterais imediatos e de longo prazo estão relacionados com este facto. Por matar as bactérias benéficas no seu intestino, antibióticos têm um efeito negativo sobre o seu sistema imunológico em geral, e se você não “re-plantar” seu intestino com probióticos (bactérias boas), quer sob a forma de um suplemento de probióticos ou alimentos fermentados, a sua função imunológica pode permanecer comprometida.

Assim, os antibióticos só devem ser tomados quando for absolutamente necessário, e cuidados devem ser tomados para reequilibrar a sua flora intestinal para evitar efeitos a longo prazo para a sua saúde. TomanAntibioticosdo probióticos, enquanto toma um antibiótico pode também ajudar a reduzir a diarreia, que é um efeito secundário comum.

Cerca de 80 por cento do seu sistema imunológico reside em seu trato gastrointestinal, que abriga 100 triliões de bactérias. Você deve ter cerca de 85 por cento “boas” bactérias e 15 por cento “más”. Todos esses micróbios competem por nutrientes dos alimentos que você ingere, mas a força em números de que as bactérias benéficas desfrutam ajuda a manter as bactérias más sempre presentes em cheque, e faz com que estas produzam nutrientes de que seu corpo precisa, como as vitaminas B.

No entanto, quando você introduz antibióticos, estas bactérias benéficas são dizimadas, juntamente com os agentes patogênicos, alterando assim o delicado equilíbrio de seu terreno intestinal. Como resultado, fungos podem crescer sem controle em grandes colônias, causando uma condição chamada de disbiose. Usando os seus tentáculos, fungos pode literalmente criar buracos através do revestimento de parede intestinal, o que resulta em uma síndrome denominada por intestino permeável. Neste ponto, você tende a tornar-se cada vez mais susceptível a uma grande variedade de problemas de saúde, tais como: artrite, asma e alergias, problemas de pele, problemas renais, problemas digestivos e transtornos autoimunes.

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone