Indicações Terapêuticas

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone

 

As técnicas utilizadas no tratamento osteopático são suaves ecorrespondem a técnicas de mobilização das articulações, manipulação articular e de tecidos moles, reequilibrando o organismo e garantindo o bom funcionamento dos vários sistemas orgânicos. O Osteopata actua também a nível da correcção postural dando conselhos que poderão ser aplicados pelo próprio paciente.

  • Dores na coluna vertebral – cervicalgias, dorsalgias e lombalgias
  • Dores articulares, musculares e por alteração da postura
  • Dores de cabeça ou cefaleias
  • Lesões por esforço repetido
  • Contracturas musculares e Stress
  • Torcicolos
  • Dor ciática

Pretendemos proporcionar ao paciente o melhor em assistência clínica Osteopática, oferecendo-lhe um nível superior de cuidado e atendimento na consulta e tratamento. Pela correcção e simetria das estruturas ósseas é traçado o caminho de forma a obter um alívio mais rápido da dor músculo-esquelética e o restauro da mobilidade articular.A osteopatia é uma ciência terapêutica holística, centrada na arquitectura óssea, nas articulações, na forma como os músculos, e os órgãos internos, exercem as suas funções.

Actua no reequilíbrio do sistema músculo-esquelético, trabalhando articulações, músculos, tendões e ligamentos e, restabelece a mobilidade articular facilitando a eliminação da dor.

Quem pode beneficiar com a Osteopatia?

A osteopatia destina-se a pessoas de todas as faixas etárias e é procurada por diversos grupos de pessoas. Trás grandes benefícios ao nível da diminuição da dor e no aumento da mobilidade funcional. O tratamento Osteopático pode ter uma abordagem preventiva, de manutenção ou cura.

  • Lombalgias e Cervicalgias
  • Depois dos 40 anos
  • Problemas relacionados com o trabalho
  • Envelhecimento
  • Artroses e artrites
  • Grávidas
  • Jovens em fase de crescimento
  • Desportistas
Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone